Páginas

četvrtak, 08. mart 2012.

A aragem gentil da montanha,
Noite quente bem estrelada,
Carrega o aroma de estranha
E sensual flor delicada.

O mais sedutor é o da rosa.
Cheiro forte e penetrante,
Engana o amante e o arrasa
Na pura ilusão de sua mente.

Uma rosa, uma simples rosa, 
Cria perfeita da natureza. 
Na luz, brilhante e fulgurosa, 
Fantástica, suntuosa nobreza.

Da rosa, sem nódoas nem furo,
Rainha de beleza, a revelação: 
Existe algo muito mais puro,
Revelado apenas em nosso coração.

No coração, beleza derradeira,
Desvelada na simples verdade.
Qual beleza da linda roseira
Assim deve ser nossa amizade.

Charles Evaldo Bolle